Embriologia

História da embriologia animal

     Embriologia

 Se fôssemos traduzir embriologia, em seu sentido literal, a definiríamos como a parte da ciência que se ocupa dos embriões. Embrião, por sua vez, é o estado jovem do animal enquanto contido no ovo ou no corpo materno. Conseqüentemente, deixa de ser embrião quando se destaca do ovo ou quando nasce. Segundo B.M. Patten, a embriologia é o estudo do crescimento e da diferenciação sofrida por um organismo ao longo de seu desenvolvimento, desde o estágio de ovo até o de um ser altamente completo, de vida independente e semelhante à de seus pais. A embriologia, na realidade, ocupa-se com o desenvolvimento do ser vivo. Se tentarmos analisar o que se entende por desenvolvimento, veremos que estamos diante de uma ciência que engloba um conteúdo muito complexo.
  O que é desenvolvimento? “É todo processo contínuo e organizado que se inicia no momento em que um óvulo é fecundado por um espermatozóide e termina na morte”.Podemos ir mais longe: para que um óvulo (em alguns casos, ou uma célula gamética feminina em maturação, em outros) seja fecundado por um espermatozóide, é necessário que ambas as células, masculinas e femininas, estejam aptas para isso, o que é conseguido pelo processo de gametogênese. Por exemplo, na espécie humana, o desenvolvimento de um individuo já teve início com a gametogênese de seus pais, por aquele ovócito, entre milhares no ovário materno, que pode ter esperado 15 ou 50 anos para ser maturado e ovulado e ter sido fecundado por um entre milhões de espermatozóides, que, por acaso, estivessem na tuba uterina naquele momento, esperando pelo ovócito prestes a aparecer. Por isso mesmo, pode-se dizer em relação a uma mulher grávida que ela não carrega só seu filho, mas também toda sua descendência.
  O desenvolvimento pode também se iniciar sem a contribuição da célula masculina, como no caso da reprodução assexuada de algumas plantas, ou no caso do desenvolvimento partenogenético.
  De qualquer maneira, o desenvolvimento engloba toda a vida do individuo, porque a expressão deste depende do momento em que o olhamos: uma pupa apresenta aspectos totalmente diferentes de um inseto adulto, mas nem por isso deixa de ser o mesmo indivíduo; um girino em nada se parece com uma rã, mas nem assim podemos afirmar que não se trata do mesmo indivíduo. Já fomos ovo, zigoto, embrião, feto, criança com dentes de leite, adolescentes, adultos e caminhamos para nossa velhice; poderíamos acaso dizer que aquele velhinho, apoiado numa bengala, não é a mesma criança que jogava bola tempos atrás?
  Na realidade, o desenvolvimento é a “expressão do fluxo irreversível dos eventos biológicos ao longo do eixo do tempo”. Tais eventos são processos claramente ordenados, tanto estrutural quanto funcionalmente, que possibilitam uma expressão progressiva, culminando na formação de uma matéria altamente estruturada em ação. A embriologia, sob esse enfoque, caracteriza-se mais por uma biologia do desenvolvimento, pois procura descobrir quais os processos envolvidos na efetivação desses eventos, como são relacionados e como estão controlados.
  Em termos didáticos, a embriologia engloba o período de gametogênese, fertilização, clivagem, gastrulação e organogênese. Paralelamente à embriologia normal, à parte da embriologia que se ocupa do desenvolvimento anormal é a teratologia.

Autora – Profº Munique Tavares
E-mail –
muniqu.tavar@oi.com.br

Anúncios

16 thoughts on “História da embriologia animal”

  1. oi prof neto adorei a materia sobre embriologia animal pois achei muito legal e importante pois é muito legal saber que embrião é o estado jovem do animal enquanto contida no ovo ou no corpo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s